sábado, 21 de fevereiro de 2009

de pimenta

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

hoje


Não ha poesia que me acalme, não há musica que me embale
A sua falta me atordoa, o sono me machuca
A madrugada me chama...
Sonhos vendidos noite errante
Nevoa serena e fria
Com sabor sincero e Prazer profundo, Fantasias e segredos
Vertigem
À noite me assombra
Lua intensa e soberana detalhada em meus sonhos
Amor sincero o céu e meu teto.

domingo, 15 de fevereiro de 2009


Existem lugares que remexem lembranças de forma cruel e adocicada, o fruto da saudade cultivada no peito me leva a sonhar com o passado, isso veio forte em mim hoje, um lugar mágico para mim... Com puro sentimento guardado, com extremo carinho,a lembrança me faz sonhar, recordar, viver, esse lugar e o rio javaé no Tocantins, único em tudo, rio vivo ele me diz algo com seu silencio, em suas curvas e marolas ,beleza imponente roçando a ilha do bananal, face a face com sua beleza surreal, paixão forte, única em cada detalhe, hoje recinto o cheiro forte do rio, uma mistura de lembrança que passa e deixa o seu mais forte recado... Sou único, esse sou eu... ta sentindo... Inspire- me com cuidado, pois o meu cheiro e forte e encorpado, pode deixar saudade irreparável, sei pouco de mim, mais sei que preciso revelo, incontrolável compossível ,cruel, extremamente cruel comigo mesmo,essa ferida só cura com o doce desejo, com o doce retorno, nesse doce rio vivo em mim, essa e minha verdade, esse e meu rio javaé
Marcadores: meu lugar